PROJETOS SOCIAIS

Conheça um pouco do projeto Vestindo o Bem

VESTINDO O BEM

Empresária paulista cria brechó itinerante para incentivar a solidariedade

A empresária paulista Vanessa Lacreta di Anesi sempre sentiu necessidade de ajudar ao próximo. Mesmo com uma rotina atribulada e vivendo no eixo São Paulo-Campinas, encontrou um tempo para dedicar-se aos outros. “Vida agitada não é desculpa”, afirma com convicção.
Há três anos ela criou um Brechó Itinerante, sem fins lucrativos, chamado Vestindo o Bem. São roupas e acessórios bacanas e usados, cujas vendas são 100% revertidas para o INCA Voluntário.

O Vestindo o Bem é um verdadeiro convite para as pessoas desapegarem do que não usam mais, estimulando a sustentabilidade e uma vida melhor para todos.

Vanessa sempre foi atenta à ajuda voluntária a instituições que necessitavam, mas que não recebiam ajuda do Governo ou de nenhum órgão. O despertar da empresária para esta atividade aconteceu quando a filha, Nathalia Lacreta, então com 13 anos, voltou de uma visita que participou à uma creche no dia a dia das crianças.

Neste dia, a filha chegou com lágrimas nos olhos: “Mãe, estou muito triste! Hoje, estava dando lanche para as crianças e vi que uma menininha tinha deixado cair o sanduíche na poça d’água, e quando falei para ela não comer, ela me disse que iria comer porque não teria mais nada para comer na casa dela e ficava rezando para chegar o dia seguinte para voltar para creche para comer”.

A filha então, pensou numa solução. Movimentou várias amigas na escola para vender sanduíches (que ela mesma fazia) no intervalo das aulas e juntava o dinheirinho da semana para ajudar quem precisava.

Contagiada, Vanessa parava um dia por mês no trabalho e dedicava-se a ficar na creche, ajudando a dar banho, almoço e jantar para as crianças.

O Vestindo o Bem foi uma maneira que ela encontrou de mais pessoas poderem se engajar nas causas sociais, sem distâncias que possam dificultar. “Neste ponto, a internet é maravilhosa. Recebemos doações de todos os lugares do Brasil. E quem não tem tempo, sente que está participando”.

 

vestindo o bem

Todas as doações de roupas e acessórios são extremamente bem vindas, e passam por um critério de seleção. As que estão em melhor estado são vendidas nos eventos. As outras também ganham um destino feliz por meio de doação direta a ONGs que precisam.

1
Olá, como podemos ajudar você?
Powered by